sábado, 25 de dezembro de 2010

Silêncio

Senti que hoje to tão silenciosa. Por dentro e por fora. Não é tristeza, é uma espécie de paz, coisa rara que me acontece, principalmente por dentro, penso tantas coisas e sou assombrada por tantos pensamentos ao mesmo tempo. Por fora não tenho a mínima vontade de abrir a boca pra falar - o que particularmente não acho ruim - mas minha mãe acha, já que ela fala demais. Tenho noção das coisas que tenho a fazer logo no começo do ano, e não sinto vontade de tocar nelas agora. Que bom ter os dedos pra expressar um pouco dessa sensação.
Acho que este deve ser o silêncio da sanidade. Aquele que permite a você pensar os próximos passos, o que melhorar, o que eliminar, o que enxergar de um modo novo, o que mudar. Já sei o que tem de mudar, vislumbro o que possa acontecer no atual emprego, mas deixa as coisas caminharem por si. Já disse pra mim que esse ano vou pensar em mim, e fazer o possível pra melhorar. Tô a pé, mas chego onde vou.

2 comentários:

Cuties ^-^ disse...

O que importa são os resultados .-.

A Pessoa do Espelho disse...

Realmente =D

Postar um comentário